O geomarketing é baseado em informações úteis para o marketing digital. Elas servem para identificar consumidores, criar um perfil dos leads, melhorar as campanhas e segmentar o público-alvo. Com base em dados disponibilizados pelo GPS do celular e endereço de IP, você compartilha informações importantes que a empresa pode usar, como o seu perfil, comportamentos, interesses e rotina. Assim, ela poderá desenvolver uma campanha publicitária inteligente. Saiba como fazer geomarketing, o que exatamente ele significa e onde pode ser aplicado!

Conheça mais sobre o geomarketing
Conheça mais sobre o geomarketing | Foto: unsplash.com

O que é geomarketing?

Geomarketing, ou marketing geográfico, é uma estratégia utilizada para buscar dados sobre características e personalidades de consumidores de uma marca reunidos em uma única localização, criando assim propagandas que sejam eficazes e relacionadas ao público-alvo. Com ele, é possível detectar as áreas mais promissoras em vendas ou que tenham maior desempenho para o planejamento. O geomarketing possibilita a identificação de novas tendências dentro do mercado e os benefícios de um certo local para uma marca, evitando concorrências ou fazendo com que ela se aproxime de pontos com bastante movimentação.

Como funciona o geomarketing?

Essa é uma proposta que necessita da ajuda do Big Data para identificar as informações necessárias sobre cada usuário. O recorte prático do geomarketing é a coleta de dados dos usuários a partir de informações disponibilizadas via GPS dos dispositivos móveis ou através do reconhecimento do endereço de IP do consumidor. Existem várias técnicas para isso, que serão apresentadas mais adiante.

Onde aplicar o geomarketing?

Sua aplicação pode ser feita por empresas nacionais ou com filiais em diferentes regiões que têm dependência do mercado para expandir suas atividades ou disponibilizar conteúdos exclusivos para o usuário que se fidelize à marca. Ele também se aplica para descobrir mais sobre potenciais clientes e como atingi-los de maneira certeira no uso dos seus serviços. No marketing digital, esse recurso é utilizado para a intensificação de campanhas de geração de leads e para conciliar o relacionamento com os atuais consumidores.

Geomarketing é uma estratégia de marketing
Geomarketing é uma estratégia de marketing | Foto: unsplash.com

Técnicas de Geomarketing

O geomarketing apresenta muitas opções de realização: técnicas e estratégias que variam de acordo com as necessidades da marca e com a maneira em que ela deseja se desenvolver. Confira algumas a seguir! 

Geotargeting

O geotargeting é uma estratégia dentro do geomarketing utilizada para segmentar o público de acordo com a sua região e entregar conteúdos específicos relacionados à localidade. Isso é feito por meio de coleta de dados do IP dos usuários em plataformas de mídias pagas, como Facebook Ads e Google Ads.

Sites personalizados

Outra alternativa são os sites personalizados, onde dá para criar um termo de uso que permite o compartilhamento da localização do usuário com a empresa, possibilitando conteúdos personalizados de acordo com o que é consumido dentro da página. Essa é uma opção que não é garantia de geomarketing, pois o leitor pode negar o acesso e ainda continuar visualizando o site, dependendo da forma em que ele foi desenvolvido. O ideal é ativar uma notificação para a pessoa entender que essa é uma questão importante para os desenvolvedores da página.

Check-in

O check-in é uma opção que o usuário decide realizar dentro das redes sociais, como o Facebook ou Instagram. Assim, ele consente a publicação da sua localização por escolha própria. Isso facilita na hora de encontrar as pessoas que estiveram dentro do seu estabelecimento comercial, caso ele tenha sido cadastrado dentro da plataforma.

Geofencing

Essa técnica é composta por campanhas segmentadas para seu público em tempo real, de acordo com os dados captados por GPS. Ou seja, o geofencing é um aviso de novos conteúdos a partir de uma determinada localização dos usuários, pode ser um e-mail, uma mensagem de texto ou uma notificação no celular. Esse funcionamento requer permissão do usuário através de um aplicativo da marca, autorizando o rastreamento de sua localização atual e o recebimento de novos comunicados em tempo real.

Geotagging

Semelhante ao check-in, o geotagging permite ao usuário divulgar a sua localização atual nas redes sociais e compartilhar informações adicionais a respeito do local, como recomendações, sugestões, críticas ou relatos adicionais para agregar em outras experiências sobre aquele lugar. Como essa é uma ação que parte do consumidor, o estabelecimento pode incentivar esse tipo de postagem para criar mais relevância dentro da plataforma.

Geofiltros

O último exemplo de geomarketing são os geofiltros, conhecidos especialmente no Snapchat. Eles identificam sua localização dentro do aplicativo e acabam gerando filtros para adicionar em uma foto ou vídeo. Às vezes, a marcação do local aparece de forma automática, uma vez que o usuário já tenha autorizado o uso dos dados de seu GPS para a plataforma. No Snapchat, essa ferramenta de adicionar um novo filtro específico de um lugar ou marca é paga desde 2016.