Seis ferramentas gratuitas para seis problemas típicos em SEO

Compartilhe:

1. Tudo começa por um bom sitemap, documenta que informa aos buscadores como seu site é estruturado. Gere o seu gratuitamente no Sitemap Generator

2. Muito do trabalho de otimização orgânica se refere ao fato de você ter conteúdo relevante e autêntico. Para isso o básico é não ser copiado, ora bolas! Saiba se alguém está bancando seu sósia literário com a ajuda do Copyscape.

3. O Google olha feio para sites lentos e considera cada vez mais a velocidade de carregamento como ponto a favor. O Pingdom é uma ferramenta que mostra como seu site está acelerando (ou não).

4. SEO também é uma questão de quem aponta para quem. Os backlinks, esses apontamentos feitos por outros sites para o seu site contam muito. Para saber quem andou colocando links para seu site, tente o Backlink Watch. Apesar do visual 1998, é um dos serviços mais certeiros.

5. Ficar acumulando páginas que apontam pro seu site é coisa pra meninos. Homens de verdade ficam de olho na qualidade de quem aponta. E qualidade em SEO chama-se Pagerank, o índice do Google que mensura a qualidade de uma página para mecanismos de busca. Descubra o de suas páginas no Google PageRank Checker.

6. SEO é tanta coisa que é difícil ter um apanhado de tudo, não é? O SEOquake resolve esse problema. Trata-se de uma extensão para Chrome e Firefox que disseca sua página e mostra como seu site está se saindo nos pontos que mais contam para o bom posicionamento.


Compartilhe:

Jessé Rodrigues

Consultor de Marketing Digital especializado em Automação de Vendas Online para PME's e Fundador da Escola do Marketing Digital. Clique aqui para acessar o perfil completo.