[Pesquisa] Será o fim do e-mail marketing?

Compartilhe:

A terceira edição da pesquisa anual Adobe Consumer Email Survey, feita com mais de 1.000 executivos americanos, trouxe insights valiosos sobre o que está acontecendo entre os consumidores e suas caixas de entrada.

Ao contrário do que muitos acham, o caso de amor entre consumidores e o e-mail ainda continua firme e forte. Segundo a pesquisa, os consumidores ainda gastam uma grande quantidade de tempo (5,4 horas por dia mais precisamente) verificando e-mails e este continua sendo o seu canal de comunicação preferido no trabalho.

Sabendo que essa relação ainda promete render frutos, reunimos nesse post as principais conclusões da pesquisa para você ficar por dentro das preferências do consumidor. Confira:

 

Consumidores preferem receber ofertas por e-mail

 

 

Segundo a Adobe Consumer Email Survey, 61% das pessoas preferem receber ofertas e conteúdos promocionais através de e-mail.

Esse número surpreendeu os pesquisadores, pois representou um aumento de 24% em relação ao ano passado, o que mostra que o e-mail continua se mantendo popular entre o público.

 

 

A pesquisa revela também o tipo de mensagem os consumidores esperam receber das marcas. Com base no que disseram, aqui estão algumas dicas:

 

  • Personalize: 34% dos consumidores dizem que ficam frustrados quando as marcas recomendam itens que não correspondem aos seus interesses. Por isso, conheça seus clientes para se comunicar com eles.

 

  • Informe: 40% dos consumidores disseram que desejavam que o conteúdo do e-mail fosse menos promocional e mais informativo. Concentre suas mensagens na informação que os consumidores desejam receber.

 

 

  • Mobile: 21% dos consumidores que lêem mensagens em dispositivos móveis ficam irritados com a falta de otimização móvel das marcas. Certifique-se de que eles não estão esperando imagens carregar por muito tempo ou rolando a página demais.

 

  • Periodicidade: metade dos consumidores disseram que a coisa mais irritante sobre os e-mails das marcas é quando eles chegam com muita frequência.

 
Sabemos que as pessoas estão mantendo seus olhos fixados em suas caixas de entrada, mesmo na academia, na hora do jantar ou na rua. Portanto, esta é a oportunidade perfeita para as marcas surpreenderem os consumidores enviando exatamente o que eles desejam

 

 

E-mail funciona com os jovens?

 
Uma vez que os consumidores jovens (entre 18 e 34 anos) são líderes quando o assunto é comunicação, examinamos mais de perto o seu relacionamento com o e-mail.

Com a popularidade de novas formas de comunicação como Snapchat, o esperado era que os jovens estivessem migrando para longe do e-mail.

Mas, surpreendentemente, os resultados mostraram que o e-mail é tão eficaz com eles quanto com os consumidores em geral.

Na verdade, as pessoas mais jovens são ainda mais propensas do que outras faixas etárias a trazer seu vício pelo e-mail para todas as partes do seu dia: fazendo exercício, comendo com amigos e familiares, e até mesmo dirigindo.

 

 

Consumidores buscam por equilíbrio

 

Embora o amor dos consumidores pelo e-mail seja forte, uma das descobertas mais intrigantes da pesquisa este ano é que as pessoas estão tentando encontrar um equilíbrio nessa relação com o e-mail.

O que explica uma diminuição de 27% em relação ao ano passado do número total de horas que os consumidores gastaram verificando e-mail – com declínios em contas pessoais e de trabalho.

 

 

Também foi observada uma diminuição de 28% dos consumidores que verificam mensagens de e-mail na cama pela manhã (embora 26% ainda o façam) e mais de um quarto dos consumidores esperam chegar ao escritório para olhar suas caixas de entrada.

Um em cada cinco consumidores nunca verifica o e-mail fora do horário de trabalho normal e quase metade não verifica (ou raramente o faz) enquanto estão de férias.

No mundo acelerado de hoje, isso parece uma evolução positiva em nosso relacionamento com o e-mail: a respiração profunda ocasional entre as mensagens pode ser exatamente o que precisamos.

 

Conclusão

Os resultados da Adobe Consumer Email Survey confirmam que o e-mail continua com a bola toda quando se trata de propaganda pela internet. Então se investir em se comunicar com o consumidor por e-mail era uma dúvida, agora é necessário para o bom relacionamento com o consumidor!

 


PRODIGITAL – O mais completo Programa de Formação em Marketing Digital. Nele, você vai aprender, do básico ao avançado, as técnicas, métodos, estratégias e ferramentas para otimizar seus resultados através da internet. Clique aqui para saber mais informações sobre a próxima turma.


Compartilhe:

Emilly Andrade

Gestora de Conteúdo. Apaixonada por blogs, redes sociais e novidades do mercado digital. Adoro ler e não dispenso uma boa culinária com uma boa companhia.