O Que é Automação de Marketing?

Compartilhe:

Se você trabalha com marketing, muito provavelmente já escutou falar sobre automação de marketing, certo?

Objeto de desejo de muitas empresas de todos os setores e portes, a automação de marketing se mostrou como a melhor solução para executar processos que antes eram feitos manualmente e tomavam muito tempo.

Hoje, essa nova tecnologia permite que você atraia leads mais qualificados, eduque-os, melhore a comunicação com os clientes e, no fim do ciclo, venda mais.

Se interessou? Então continue lendo para saber mais como a automação de marketing pode otimizar seus negócios.

 

Afinal, o que é Automação de Marketing?

 

Vou tentar definir da forma mais simples possível: automação de marketing é o uso de ferramentas digitais para automatizar tarefas repetitivas de marketing online com a finalidade de otimizar o tempo da equipe e escalar os resultados de marketing e vendas.

Ou seja,  a automação de marketing consiste na união de tecnologias e processos com o objetivo de aumentar a eficiência e os resultados das atividades do marketing.

Diferente de outros cenários onde a automação é implementada, a automação de marketing especificamente não exclui a necessidade de um bom profissional de marketing. Muito pelo contrário.

Ao otimizar o tempo da equipe, é possível  focar mais nas estratégias e avaliação dos resultados e menos na execução de tarefas repetitivas.

Portanto, além de uma boa dose de tecnologia, é essencial que o profissional de marketing entenda MUITO do ser humano e do seu comportamento para que a automação traga resultados efetivos. Esse é o segredo: aliar tecnologia com uma comunicação pessoal poderosa.

 

Os benefícios da Automação de Marketing

 

  • Segmenta e nutre leads em diferentes estágios de compra

Administrar milhares de leads em diferentes estágios do funil não é uma tarefa fácil se esse processo não for automatizado. Com a automação de marketing é possível programar ferramentas que identificam exatamente o nível de envolvimento de cada lead.

Dessa forma, ao entregar conteúdos personalizados e alinhados com seus interesses é mais fácil conduzir o lead pelo funil e, consequentemente, as chances de convertê-lo são bem maiores.

 


 

  • Otimiza o trabalho do setor de vendas

A automação permite o envio de leads qualificados para o time de vendas, ou seja, os vendedores entrarão em contato somente com aqueles leads que estão “aquecidos” e prontos para a compra.

Além disso, as ferramentas de automação de marketing concentram todas as informações dos seus leads em um só lugar. Isso facilita muito a vida do vendedor, pois conduzir uma negociação sabendo previamente todos os interesses e interações que o lead fez, aumenta as chances do discurso de vendas ser mais assertivo.

 

  • Economiza tempo

Como já mencionado anteriormente, a otimização do tempo é um dos benefícios mais notórios da automação. Ao automatizar processos repetitivos, os profissionais podem dedicar mais tempo em tarefas mais importantes como, por exemplo, no planejamento das próximas ações, análise e otimização.

 

  • Análise de Dados

Quantificar e dimensionar o impacto das ações de marketing sempre foi um desafio e, apesar da internet ter facilitado o acesso a essas informações, as ferramentas disponíveis para gerar relatórios mostravam os resultados das ações de forma fragmentada.

Com algumas ferramentas de automação de marketing, informações como dados analíticos sobre tráfego, origem dos leads, interação dos leads com os e-mails, desempenho de diferentes campanhas, erros de SEO no site; são centralizadas em uma única plataforma, facilitando a análise de dados estratégicos para otimização das campanhas.

 

  • Custo de aquisição reduzido

Como já dito antes, a automação permite que os leads recebam a melhor comunicação considerando o seu estágio de compra. Isso faz com que o lead avance no funil de vendas mais rapidamente, pois a comunicação adequada tende a filtrar melhor os leads, levando à frente mais rapidamente aqueles que estão qualificados.

Dessa forma, o processo de venda se torna mais acelerado e eficiente, uma vez que o lead não terá mais objeções para realizar a compra. Com isso, os custos de aquisição de cliente (CAC) são reduzidos naturalmente.

Para confirmar, segundo os dados da Nucleus Research,  a automação aumenta a produtividade de vendas em 14,5% e reduz os gastos gerais com marketing em 12,2%.
 

 

Como usar a Automação de Marketing

 

No marketing online existem 3 grandes áreas que podem ser automatizadas: e-mail, mídias sociais e landing pages.

  • E-mail
    Com a automação é possível fazer disparos de e-mails em massa, mas o mais importante é enviar e-mails com conteúdos segmentados às necessidades e ao estágio de compra dos seus leads.

 

  • Mídias Sociais
    Além de automatizar a distribuição de conteúdo, também é possível (mesmo que parcialmente) automatizar o seu crescimento nas mídias sociais ganhando mais seguidores e leads.

 

  • Landing Pages
    Costumava-se levar um longo tempo para fazer manualmente o design de landing pages codificando-as em HTML e CSS, mas agora já existem ferramentas que disponibilizam modelos prontos  para criar suas páginas de captura.

 

Ficou interessado em implementar a automação de marketing na sua empresa? Confira o passo-a-passo para colocar essa ideia em prática!

 

  • Defina a estratégia para o seu projeto de automação

    Antes de tudo é preciso planejar! Sem planejamento, nada sai do lugar. Você pode começar definindo quais são seus objetivos,, por exemplo, uma campanha para nutrir e aquecer seu leads para uma venda futura. Agora que você já definiu o seu objetivo, é hora de começar a construir suas personas, mapear a jornada de compra, definir os conteúdos que serão oferecidos e como todo esse processo vai funcionar.

 

 

  • Defina todos os pontos de contato entre empresa e cliente
     
    A percepção que temos sobre uma empresa é a soma de todas as vezes que interagimos com ela. Por isso, é importante definir todos os pontos de contato entre a sua empresa e os leads para que você possa determinar para onde os leads serão conduzidos e mapear corretamente a jornada de compra do cliente.

    Por exemplo, depois de fazer o download de um conteúdo que você disponibilizou em seu blog, quais serão os próximos passos para nutrir a relação com esse cliente em potencial?

 

  • Defina o tipo de interação do lead para cada etapa do funil
     
    A próxima etapa é definir como se relacionar com o lead em cada etapa do funil e que ações esperar que ele faça para avançar no processo.

    Dessa forma, você conseguirá visualizar melhor a jornada do cliente pelo funil, bem como definir com mais precisão os conteúdos para cada etapa (topo, meio e fundo do funil).

    Confira também: “7 Fases do Funil de Marketing e Vendas”.

 

  • Faça uma lista dos conteúdos que serão oferecidos em cada fase do funil
     
    Agora é o momento onde você vai determinar exatamente quais conteúdos serão oferecidos para o lead dentro de  cada fase desse funil.

    Tente se colocar no lugar do cliente em potencial e pense em conteúdos que serão ÚTEIS e ao mesmo tempo estimulá-los a consumirem o seu produto e serviço.

    Para te ajudar, leia o post “Funil de Marketing e Vendas: o Melhor Conteúdo para Cada Etapa”.

 

  • Escolha as  ferramentas de automação de marketing
     
    Escolher as ferramentas que atendam as necessidades da sua empresa é fator chave para o sucesso do seu projeto de automação. Continue lendo que logo abaixo você saberá como escolher um software de automação de marketing.

 

  • Analise os resultados e faça melhorias
     
    Depois de implementar o sistema, analise os relatórios (que as próprias ferramentas de automação oferecem) para acompanhar os resultados das ações e fazer melhorias no que for necessário.

 

Como escolher um software de Automação de Marketing

 
Muitas vezes os olhos podem crescer ao se deparar com ferramentas repletas de funcionalidades. Entretanto, não escolha um software apenas por ser o mais caro ou o com mais recursos, primeiro determine quais são suas necessidades e depois analise se as funcionalidades que as plataformas oferecem se adequam e complementam as suas estratégias.

Existem alguns recursos que são essenciais para que a automação de marketing seja realizada com sucesso. Portanto, ao escolher um software de automação, atente-se às seguintes características:
 

  • Funcionalidades: o que essa ferramenta lhe permite fazer? Faça uma lista dos prós e contras de cada ferramenta para depois compará-las. Procure por funcionalidades além dos recurso básicos de automação, como e-mail e landing pages.
  •  

  • Customização: até que ponto você pode customizar a ferramenta? Um bom software de automação oferece a opção de customizar e criar templates conforme a sua necessidade.
  •  

  • Personalização: cada vez mais a relação entre cliente e empresa será conquistada com base na criação de contexto, ou seja, nada de mensagens genéricas e sem relevância. Portanto, avalie os recursos de personalização da ferramenta para que o seus leads recebam um serviço individualizado.
  •  

  • Integração: automação de marketing não é CRM, mas seu valor é alavancado quando integrado a um CRM. Essa integração é fundamental para formar uma base de dados sobre os leads, os leads qualificados e os clientes da empresa. (Vale ressaltar que algumas ferramentas de automação já vêm com seus próprios CRMs.)

 

  • Relatórios & Analytics: uma das principais vantagens do marketing digital é a capacidade de rastrear, medir e avaliar resultados. Portanto, procure uma ferramenta que forneça dados detalhados sobre as suas ações.


Segue abaixo uma lista das principais ferramentas de Automação de Marketing para que você possa analisar qual é a melhor opção para a sua empresa.


 

 

Principais Erros

 

  • Não compre listas de contatos

    Apesar de ser a maneira mais fácil de ter uma lista de contatos extensa, NÃO é recomendável essa prática. Ao comprar listas de contato você vai estar direcionando os seus esforços de marketing para pessoas que, muitas vezes, não tem interesse algum no seu produto/serviço. É um tiro no escuro.

    Além do mais, os provedores de e-mail (ex: Yahoo, Hotmail, Gmail) punem remetentes de e-mails que enviam spam e limpar o seu nome depois é muito complicado.

    Portanto, invista em criar iscas digitais que vão atrair leads qualificados para a sua lista e, consequentemente, potencializar seus resultados.

    Confira também: “7 Dicas Cruciais para Converter Mais com suas Páginas de Captura”.

 

  • Não se esqueça de pensar na jornada de compra do cliente

    Muitas empresas acabam negligenciando a importância de pensar cuidadosamente na jornada de compra do cliente. Esse é um erro muito grave pois acaba dificultando a nutrição do seus leads e também o avanço deles pelo funil de vendas.

    Por isso, antes de começar a automatizar seus processos, revise a jornada de compra do seu cliente para garantir que ela seja executada com sucesso.

 

  • Não bombardeie sua lista com conteúdos genéricos

    Tome cuidado para não empolgar e enviar conteúdos genéricos e sem relevância, você pode correr o risco dos seus e-mails irem parar no lixo eletrônico como spam e gerar uma imagem ruim sobre a sua empresa.

    Garanta que o conteúdo enviado seja altamente segmentado e que corresponda com o que o seu público está buscando.

     
  • Não seja impessoal 
     
    Existem muitas empresas que não sabem implementar a automação corretamente e acabam enviando e-mails automáticos totalmente impessoais que aparentam terem sido escritos por um robô.

    Hoje em dia as pessoas querem se relacionar e se aproximar das empresas. A comunicação fria ou somente publicitária acaba prejudicando a criação desse relacionamento, podendo frustrar a sua lista e fazer com que a sua empresa perca a credibilidade.

    Para te ajudar a implementar a automação sem perder a pessoalidade, confira o post “6 Dicas para Fazer Automação de Marketing sem Deixar de Ser Pessoal”.

 

E você, já implementou a automação de marketing na sua empresa? Deixe seu comentário e não se esqueça de compartilhar com os amigos! 😉

 


 

PRODIGITAL – O mais completo Programa de Formação em Marketing Digital. Nele, você vai aprender, do básico ao avançado, as técnicas, métodos, estratégias e ferramentas para otimizar seus resultados através da internet. Clique aqui para saber mais informações sobre a próxima turma.

 


Compartilhe:

Emilly Andrade

Gestora de Conteúdo. Apaixonada por blogs, redes sociais e novidades do mercado digital. Adoro ler e não dispenso uma boa culinária com uma boa companhia.