7 Métricas Essenciais de E-mail Marketing e o Que Dizem Sobre Seu Negócio

Compartilhe:

E-mail marketing não morreu não, pelo ao contrário, a estratégia de e-mail marketing teve um salto significativo como canal gerador de ROI (Retorno Sobre Investimento) em 2016. Segundo o Relatório State of Marketing 2016, 79% dos profissionais de marketing afirmaram que o e-mail gera ROI diretamente.

O e-mail marketing, além de ser um dos canais que apresenta melhor ROI, permite um alto nível de engajamento com seus clientes. Através desta estratégia, você pode manter o seu público informado sobre os seus conteúdos e fazer com que avancem no funil de vendas.

Mas, assim como qualquer outra estratégia de marketing, ela deve ser monitorada. Campanhas de e-mail marketing trazem métricas únicas e é essencial saber o que cada uma delas diz sobre o seu negócio.

Veja abaixo 7 Métricas Essenciais de E-mail Marketing e o que fazer quando alguma delas não tem o desempenho esperado.

 

MÉTRICA 1: Taxa de Abertura (Open Rate)

  • O que é?

O percentual de usuários que receberam sua peça e a abriram.

 

  • O que isso diz sobre o seu negócio?

O principal fator na abertura de e-mails é o título/assunto. Normalmente as pessoas filtram os e-mails nos quais investirão tempo por meio destas poucas palavras.

Além disso, é importante lembrar do nome do remetente. É a partir deste dado que muitas pessoas avaliam a confiabilidade de um e-mail.

No entanto, fique atento a um fato: nem sempre esta métrica é confiável, já que quando um servidor de e-mail bloqueia as imagens em suas peças, isso não conta como uma abertura. Por isso, não use a taxa de abertura como um indicador absoluto no sucesso de suas campanhas.

 

MÉTRICA 2: Taxa de Crescimento da Base (List Growth Rate)

  • O que é?

É uma medida para analisar o quanto sua base de e-mails tem crescido, subtraídos os opt-outs e os e-mails rejeitados.

 

  • O que isso diz sobre o seu negócio?

Taxas de crescimento baixa geralmente refletem pouca agressividade em sua política de expansão de e-mails. Pense em oferecer mais motivos para que seus usuários deixem seus dados nos formulários de inscrição.

Faça com que esse formulário fique visível, de preferência em todas as páginas de seu site e em materiais promocionais de sua empresa. Também é possível que você esteja com problemas no que diz respeito a perda de clientes na base. Se for o caso, veja os tópicos sobre taxa de entrega e rejeição, logo abaixo.

 

MÉTRICA 3: Taxa de Rejeição (Bounce Rate)

  • O que é?

É o percentual de e-mails enviados que acabaram não chegando ao destino, por razões diversas.

 

  • O que isso diz sobre o seu negócio?

Há dois tipos de rejeição. A primeira delas (soft) é motivada por problemas temporários como caixa cheia, por exemplo. O problema mesmo é o segundo tipo (hard), que se refere a e-mails desativados ou errados.

Dessa forma, caso sua taxa de rejeição esteja alta envio após envio, é hora de higienizar sua base. Boa parte das ferramentas de envio já faz esse trabalho. Porém, muitas vezes um e-mail desativado terá um encaminhamento ativo. Nestes casos, você deverá fazer manualmente a exclusão de sua base.

DICA: Não sabe qual ferramenta de e-mail marketing usar? Assista ao vídeo “Como Escolher uma Ferramenta de Email Marketing para a sua Empresa” e saiba qual a melhor opção para o seu negócio.

 

MÉTRICA 4: Taxa de Entrega (Delivery Rate)

  • O que é?

É o percentual de e-mails que chegaram ao destino, subtraídos os e-mails que não chegaram aos destinatários.

 

  • O que isso diz sobre o seu negócio?

Qualquer taxa abaixo de 95% já é um tanto problemática. Além de higienizar sua base, é preciso ficar atento a formatação dos e-mails que você tem enviado. Ou seja, pode ser que seus disparos estejam sendo vistos como spam pelos servidores de seus clientes.

Para evitar que isso aconteça, envie mensagens em HTML, não use palavras tidas como duvidosas como “promoção”, “imperdível”, “somente hoje” e outras do tipo.

 

MÉTRICA 5: Taxa de Cliques (CTR – Click Trough Rate)

  • O que é?

A proporção de pessoas que recebeu seu e-mail e clicou em algum link dentro da peça.

 

  • O que isso diz sobre o seu negócio?

O CTR é possivelmente a métrica mais importante em e-mail marketing. Ela revela o quanto suas peças estão sendo atrativas. Não há uma taxa padrão e o índice certamente irá variar dependendo do tipo de peça que você envia.

O importante é que você saiba que ela sempre pode ser maior. Um CTR baixo revela problemas relacionados geralmente a chamada para a ação (call-to-action). Ou seja, você deve mostrar claramente ao seu usuário o que espera dele em termos de click dentro da peça.

Configure um botão proeminente, uma chamada que pareça um link e outras pistas visuais que motivem o click. Trabalhe o conteúdo que revela os benefícios em clicar e gere expectativa pelo que será encontrado após o click.

 

MÉTRICA 6: Taxa de Compartilhamento (E-mail Sharing)

  • O que é?

O percentual de pessoas que clicou em widgets sociais ou no link de encaminhamento a amigo.

 

  • O que isso diz sobre o seu negócio?

As pessoas compartilham apenas aquilo que traz um benefício claro, que é uma informação importante ou que de alguma forma vai gerar capital social.

Além disso, é preciso deixar claro em suas peças que é possível compartilhar. Também prepare e alinhe seus canais sociais para algum tipo de interação com esse público.

 

MÉTRICA 7: Taxa de Conversão (Conversion Rate)

  • O que é?

O percentual de destinatários que recebeu, abriu a peça, clicou em um link e finalizou alguma ação.

 

  • O que isso diz sobre o seu negócio?

Essa métrica, ao contrário das demais, você só conseguirá obter com a integração com plataformas como o Google Analytics. É essencial que você trabalhe diferentes modelos de peça e busque um padrão em termos de layout e conteúdo.

Taxas baixas de conversão podem revelar também problemas na página de destino. Por isso, fique atento para garantir que a página para onde as pessoas são levadas esteja otimizada para a conversão.

 

 

Fonte: Hubspot

 


A Máquina de Clientes – Conheça o método testado por diversas empresas que automatiza e gera centenas de clientes em potencial para a sua empresa, de maneira automática!

Clique aqui e saiba mais!


Compartilhe:

Jessé Rodrigues

Consultor de Marketing Digital especializado em Automação de Vendas Online para PME's e Fundador da Escola do Marketing Digital. Clique aqui para acessar o perfil completo.