[INFOGRÁFICO] 7 Principais Diferenças entre Marketing Tradicional e Marketing Digital

Compartilhe:

O primeiro passo necessário para entender as diferenças entre o marketing tradicional e o marketing digital é entender o que é marketing.

Muita gente confunde marketing com  publicidade, mas é importante ressaltar que são áreas bastante distintas, apesar de estarem conectadas uma a outra.

A publicidade busca construir uma imagem sólida da marca através da divulgação de seus produtos/serviços, o marketing é a estratégia geral que abrange todo o processo de venda e a relação entre o consumidor e a empresa.

Já o marketing digital, apesar de ser uma estratégia “nova”, tem crescido exponencialmente entre empresas de todos os tamanhos e segmentos. Isto já é uma de suas principais diferenças em relação ao marketing tradicional, pois até mesmo pequenas empresas conseguem investir em marketing digital e competir com grandes companhias.

É importante frisar também que o marketing digital, independentemente de se passar na Internet, não deixa de ser marketing. Os princípios são praticamente os mesmo só que adaptados ao universo online.

Agora que alguns pontos importantes foram esclarecidos, vamos às 7 Principais Diferenças entre Marketing Tradicional e Marketing Digital:

 

1) Interatividade: Comunicação unilateral x Comunicação bilateral 

Foi com a popularização da Internet que o termo “marketing digital” surgiu. Porém, devido às limitações tecnológicas da época, não havia muita diferença entre o marketing digital e o marketing tradicional, pois ambos consistiam em promover uma marca (sendo a Internet o canal utilizado em marketing digital).

A grande limitação, no entanto, era que não havia interação entre empresa e consumidor, a comunicação era unilateral, ou seja, feita somente pela empresa com o consumidor. Ainda nos dias de hoje, essa é uma das grandes limitações do marketing tradicional.

Quando falamos de médias e grandes empresas a interatividade fica por conta do SAC, ou outros canais de ouvidoria onde o cliente pode registrar opiniões, sugestões e críticas. Porém, poucas pessoas costumam utilizar estes meios na ‘Era do Smartphone’ em que vivemos.

Já o marketing digital possibilita a comunicação entre os consumidores e empresas de forma bilateral e instantânea, onde a companhia consegue se comunicar através da Internet com seus consumidores e vice-versa, criando assim, uma relação de confiança entre o consumidor e a empresa.

Portanto, assim como a Internet revolucionou a forma como as pessoas se comunicam entre si, o Marketing Digital revolucionou a forma como as empresas se comunicam com seus consumidores.

 

marketing digital vs marketing tradicional

 

2) Limitação geográfica x Alcance global

Campanhas de marketing off-line que utilizam canais de comunicação como outdoors, flyers, revistas ou jornais acabam sendo prejudicadas pela limitação geográfica

O alcance através dos canais tradicionais, com exceção da TV, é muito inferior ao que a Internet pode proporcionar, além dos custos mais elevados e a dificuldade de segmentação qualificada desses meios de comunicação.

Já na internet, não existem fronteiras. O que você divulgar no mundo virtual estará disponível para o mundo inteiro ver, compartilhar e engajar.

3) Comunicação rápida x Grande margem de tempo

No marketing tradicional há tempo para pensar nas estratégias, aplicá-las e, se necessário, começar tudo do zero. No marketing digital, tudo é imediato, afinal, tudo na Internet funciona na velocidade de um clique.

É claro que no Marketing Digital também é extremamente importante um bom planejamento e estudo antes de iniciar qualquer ação.

Porém, na internet o retorno do público é muito mais rápido, além do acesso a dados em tempo real que ajudam a mensurar os resultados das campanhas e possibilita fazer eventuais ajustes. No meio offline esses ajustes levariam muito mais tempo e não seriam tão precisos.

Por exemplo, nas redes sociais, uma reclamação pode facilmente propagar-se e fugir do controle sem que a empresa tenha tempo para tomar uma ação.

Por isso, é muito importante monitorar as menções à sua marca a todo o momento, inclusive em finais de semana e feriados. Fique de olho e observe tudo o que está sendo dito sobre a sua marca em todas as redes sociais onde a sua empresa está presente.

DICA: Muitas ferramentas de monitoramento de redes sociais emitem alertas toda vez que alguém mencionar seu negócio em qualquer rede social ou site na internet.

marketing digital vs marketing tradicional

Confira o post 7 Ferramentas para Monitorar Redes Sociais: Vantagens e Desvantagens e saiba qual melhor opção para o seu negócio.

 

4) Qualidade x Quantidade

Toda campanha, seja ela online ou offline, deve ter público-alvo. Para que a mensagem chegue até o consumidor de forma eficiente é preciso, antes de qualquer coisa, desenhar o perfil desse público que se deseja atingir.

Ao anunciar em mídia impressa, outdoors, rádios ou televisão, o anúncio pode atingir um grande público sem poder mensurar precisamente sua qualidade. Ou seja, a porcentagem do público-alvo que de fato foi afetada pela campanha.

Por exemplo, um anúncio para vender absorventes precisa ser direcionado para o público feminino, já que são as mulheres que vão realmente entender os benefícios do produto.

Porém, nas mídias tradicionais, embora a linguagem seja voltada ao público feminino e os veículos selecionados possuem mais afinidade com esse público, não é possível mensurar de fato quem foi atingido.

Portanto, o planejamento de uma campanha no modelo tradicional demanda mais tempo, planejamento e risco maior, uma vez que é necessário juntar todas as informações de mídia dos diversos veículos, nem sempre confiáveis, e analisar um a um para ver em qual vale a mais a pena investir.

Já no marketing digital, há diversas ferramentas, como o Google AdWords e Facebook Ads, que possibilitam a segmentação mais precisa do  seu público-alvo.

Essas empresas possuem uma rica base de dados dos seus usuários onde é possível identificar e montar os perfis de públicos ideais para a sua empresa, além da possibilidade de anunciar para aqueles que já navegaram pelo seu site, através do remarketing.

Ademais, também é possível mensurar os resultados em tempo real, podendo pausar as campanhas para realizar os ajustes necessários a fim de gerar uma melhor performance evitando, assim, um desperdício de recursos em campanhas pouco eficiente.

Claro, não estamos falando que as mídias tradicionais de massa não são importantes/relevantes para a promoção de uma empresa, tudo depende da estratégia de comunicação, público-alvo e a verba disponível.

 

5) Linguagem informal x Linguagem formal

Essa diferença se deve ao fato de em uma das modalidades a comunicação ser unidirecional e, na outra, bidirecional. No marketing digital é normal que o cliente do outro lado do computador interaja com o anúncio, criando uma relação mais próxima entre a empresa e o consumidor.

marketing digital vs marketing tradicional

Por muito tempo, justamente pela falta de interatividade entre consumidor e empresa,  a comunicação no marketing tradicional era mais formal e fazia uso de frases longas e explicativas. Enquanto na internet era permitido uma linguagem mais descontraída.

Porém, graças a internet, a comunicação no marketing tradicional já mudou muito. Você pode ver nos comerciais de TV, outdoor e rádio que a estratégia de comunicação utilizada nos dias de hoje já é muito mais pessoal e informal.

 

6) Mensuração dos resultados no marketing digital x Tradicional

A mensuração dos resultados de uma campanha no marketing tradicional pode ser bem complicada. É possível calcular o índice de audiência que um determinado comercial na TV atingiu, por exemplo. Mas, saber de forma exata quantas pessoas foram impactadas é algo bastante difícil nos meios tradicionais.

No marketing digital é possível avaliar, em tempo real, os resultados de cada uma das suas ações de marketing online.

É possível identificar qual campanha está gerando mais resultados, quais posts receberam mais visitas, quanto tempo o consumidor fica no seu site antes de comprar, ticket médio de compra, entre outros diversos relatórios que as ferramentas analíticas proporcionam.

Quer aprender como calcular se suas campanhas estão dando prejuízo ou lucro? Assista essa aula gratuita sobre Como Medir os Resultados das suas Campanhas de Marketing e Conteúdo.

 

7) Melhor custo-benefício x  Investimento e riscos maiores

Investir em marketing digital não significa parar de investir no marketing tradicional, um pode ser aliado do outro. A experiência tem mostrado que quando o marketing tradicional ganha o reforço do digital, as vendas chegam a ter um aumento de 60% em um ano.

Porém, os custos de veiculação de comerciais e de impressão para revistas e jornais são geralmente muito mais altos que os links patrocinados e os anúncios online.

Além, claro, de você ter um risco maior ao investir alto em um anúncio offline em que você não poderá alterar posteriormente para obter melhores resultados.

Além disso, a quantidade de recursos que o marketing digital oferece é bem maior, o processo de segmentação é muito mais eficiente e a relação custo-benefício também é mais atraente.

Agora que você já sabe as principais diferenças entre o marketing tradicional e o marketing digital, fiz um infográfico com os prós e contras de cada tipo de marketing para você poder visualizar melhor.

Baixe o infográfico em Alta Resolução

Preencha o campo abaixo e receba o infográfico.

Obrigado! Enviamos o infográfico para o seu e-mail! 😉

 

Conclusão

Como dito anteriormente, investir em marketing digital não quer dizer parar de investir em mídia offline, cada mídia possui um papel importante dentro da estratégia de marketing de uma empresa.

As estratégias de marketing tradicional não são mais ou menos eficazes que as de marketing digital, o que existe são maneiras distintas para atingir um determinado objetivo.

Dessa forma, podemos concluir que o marketing ideal é aquele que utiliza o que há de melhor disponível no mercado para obter a melhor performance.

Agora, falando sobre o futuro, a tendência é que ambos se unifiquem. As TVs, jornais, revistas e demais mídias offlines estão se modernizando para se adequarem ao mundo conectado. Para você ter ideia, já existem projetos de outdoors inteligentes que mudam de anúncio conforme o usuário que passa a frente e anúncios de TV dinâmicos. O digital só está começando!

Gostou? Compartilhe com os seus amigos, deixe seu comentário, dúvidas e sugestões aqui embaixo e continue  acompanhando nossos conteúdos! 😉

 


Marketing Digital para Iniciantes – Curso online gratuito onde você vai aprender tudo o que precisa saber para ingressar no mercado digital e acelerar seu desenvolvimento profissional. Clique aqui e inscreva-se já!

 

 


Compartilhe:

Emilly Andrade

Gestora de Conteúdo. Apaixonada por blogs, redes sociais e novidades do mercado digital. Adoro ler e não dispenso uma boa culinária com uma boa companhia.

  • Alberto Castilo Monteiro

    Desculpa mas não vi uma comparação entre marketing mas uma comparação entre canais. O Marketing digital é como um modelo de marketing. Sob esta ótica o marketing não mudou mas sim evoluiu. Mesmo assim foi boa a construção do artigo. Parabéns