9 Razões para criar seu site ou blog usando WordPress

Compartilhe:

Quer criar o seu site/blog, mas não tem dinheiro para investir em programadores ou não entende nada de programação? O WordPress pode ser uma excelente opção.

O sistema de gerenciamento de conteúdo WordPress permite a criação de um site profissional, mesmo que você não tenha conhecimento algum sobre programação.

O WordPress é o CMS (Content Management System) usado por 25% de toda a web, e foi pensando nisso que fizemos uma lista com os 9 principais motivos pelo qual você deve considerar o WordPress para colocar o seu site/blog no ar.

Após ler esse artigo, não esquece de deixar o seu comentário nos dizendo o que achou do conteúdo e sua opinião sobre o WordPress. 😉

 

1) O WordPress é grátis!

É isso mesmo, a instalação básica do WordPress é gratuita. Você pode configurar e personalizar o WordPress de diversas maneiras, sem pagar nada por isso.

Assim como em qualquer outra plataforma, é preciso que você tenha um plano de hospedagem e um domínio ativo, mas atualmente existem planos bastante acessíveis, a partir de R$ 2,99/mês, por exemplo.

 

2) É fácil de instalar

Para baixar o WordPress, basta acessar o site oficial, instalar no seu servidor de hospedagem, que deve estar vinculado ao seu domínio, e pronto!

É importante frisar que existem diferenças entre WordPress.com e WordPress.org, e em cada uma delas a instalação é diferente.

O WordPress.com permite a publicação e hospedagem gratuita de um blog ou site. Nesta opção, você pode começar a usá-lo logo após o cadastro. No entanto, os recursos são bem restritos, e para obter mais funcionalidades (como domínio próprio, por exemplo), é preciso pagar.

Já no WordPress.org não existem restrições e você tem liberdade total para modificá-lo de acordo com as suas necessidades. Neste caso, porém, é necessário ter um serviço para hospedar seu WordPress, como Locaweb, Hostgator, Kinghost e por aí vai. Algumas dessas empresas já contam com instalação automática do WordPress.

A vantagem de baixar o sistema do WordPress e instalar no seu servidor é que todos os seus dados estarão dentro de uma área segura (que é o seu próprio servidor) e, mesmo que o WordPress venha a sair do ar algum dia, os seus dados permanecerão intactos.

 

 

3) É fácil de gerenciar

O painel administrativo do WordPress é bastante amigável e intuitivo. Apesar do grande número de recursos que a ferramenta oferece, sua interface contribui muito para a fácil navegação e até mesmo os usuários que possuem pouco conhecimento da ferramenta, costumam ter uma boa experiência.

Na página principal do painel de controle você vai encontrar todas as informações necessárias para gerenciar o seu site como, por exemplo, número de posts, páginas, categorias, tags, comentários, etc.

Atualizar o seu site também é uma tarefa muito simples quando você utiliza o WordPress. Para criar ou editar posts e páginas, você só precisa clicar em alguns botões, inserir o conteúdo e atualizar a página. Sem complicações.

 

4) Diversas possibilidades de customização

 

diversas-possibilidades-de-customizac%cc%a7a%cc%83o-wordpress

 

O WordPress ganha muito destaque quando se trata de customização. A ferramenta oferece centenas de temas gratuitos em seu acervo e você ainda pode mudá-los sempre que quiser sem prejudicar o conteúdo do seu site, apenas alterando o layout.

Se você está com receio do seu site ficar parecido com outros sites porque utilizaram o mesmo tema, não se preocupe. As possibilidades de customização são inúmeras: de cores a fonte, de imagens a posicionamento de itens. Portanto, é bem difícil encontrar um site idêntico ao outro, frente a tantas alternativas de formatação.

As versões gratuitas são uma boa opção, porém os temas não são muito completos (vem apenas com a página de exemplo e a home page) e podem deixar a desejar na execução de projetos mais complexos. Quando você compra um tema pronto, ele já vem com todas as páginas criadas, incluindo imagens, podendo tornar o seu trabalho mais fácil e ágil.

 

DICA: Quer comprar um tema pronto mas não sabe como? Dê uma olhada no site Theme Forest que oferece temas prontos a partir de $2 dólares.

 

IMPORTANTE: O WordPress não é um construtor de sites, onde você consegue personalizar e mudar a estrutura do site dentro de um programa visual e modular. Se você deseja realizar mais customizações e não entende de programação, o ideal é solicitar o auxílio de um programador, no entanto, os templates prontos são uma excelente solução para você começar.

 

5) Agendamento de posts

O WordPress tem a opção de agendar posts para publicação automática em uma data que você determinar. Quando se trabalha em equipe, este recurso pode facilitar muito o gerenciamento de conteúdo do seu site, permitindo que o administrador gerencie e defina antecipadamente quando determinado conteúdo será publicado.

DICA: O agendamento de post é um recurso muito útil para quem pretende viajar ou tirar férias, pois não é necessário pedir ou contratar alguém para realizar qualquer publicação por você.

 

6) Milhares de plugins

Além do grande número de temas, os plugins são outro destaque do WordPress. Plugin é todo programa, ferramenta ou extensão que se encaixa a outro programa principal para adicionar mais funções e recursos a ele.

Você pode encontrar aplicações para praticamente qualquer funcionalidade que você busca. Existem plugins para loja online, plugins de segurança, de mídias sociais, para gerenciar comentários, plugin de geolocalização, entre muitos outros que você pode escolher dependendo da sua necessidade.

É importante ter em mente que abusar no número de plugins pode comprometer a velocidade de carregamento do seu site, por isso analise bem quais plugins serão realmente relevantes e úteis para você. É bom lembrar também que os plugins que escolher devem ser compatíveis com o tema do seu site.

DICA: Tome cuidado com os plugin. Existem milhares deles e nem todos são seguros ou trarão o resultado esperado. Veja as avaliações de quem já usou e analise se realmente vale a pena baixar aquele plugin.

7) SEO Friendly

Otimizar seu site para que seja facilmente encontrado e indexado pelos mecanismos de busca (como Google) é prioridade. Por isso, ter um site com uma estrutura amigável aos buscadores é algo fundamental. Afinal, quem não quer o seu site nos primeiros resultados?

O Google “gosta” do WordPress, isto é, as páginas feitas no WordPress são facilmente rastreáveis pelo Google, pois a plataforma possui todos os recursos necessários para que os mecanismos de busca leiam e armazenem seu conteúdo.

No próprio painel administrativo do WordPress você pode configurar URLs amigáveis, definir título e descrição para o site e páginas, usar tags e categorias nas páginas, entre outras funcionalidades.

DICA: Você pode instalar plugins para te ajudar na análise de SEO de cada um dos seus posts e páginas. Esses plugins podem te dar dicas valiosas para melhorar o seu posicionamento nos motores de buscas. Um dos mais completos da área é o Yoast SEO.

 

8) Otimização para dispositivos móveis

 

otimizac%cc%a7a%cc%83o-para-dispositivos-moveis-wordpress

 

A mobilidade se multiplica a cada dia, por isso ter um site otimizado para dispositivos móveis não é mais um luxo, mas sim uma obrigação.

Hoje, mais de 50% das pesquisas realizadas no Google já são de dispositivos móveis. Portanto, ter um site responsivo, isto é, que se adapte a tela de qualquer dispositivo (seja ele um computador, smartphone ou tablet) é essencial para garantir um alto nível de tráfego para o seu site. Além do mais, sites que não são responsivos são “punidos” pelo Google e perdem posições no ranqueamento de páginas.

O WordPress, ligado a essa mudança de hábito, oferece diversos temas que já são responsivos, porém se optar por um tema que não tem esta característica, você pode encontrar plugins que criam uma versão responsiva do tema da sua escolha.

 

9) Grande comunidade online

Por ser uma ferramenta utilizada por milhões de pessoas em todo o mundo, a comunidade WordPress é imensa. Por isso, não é difícil encontrar ajuda para os diversos problemas ou dificuldades que você possa vir a ter utilizando a ferramenta.

Nesse caso, é só jogar no Google a sua dúvida que aparecerá vários tutoriais, sugestões, dicas de uso e fóruns que poderão te auxiliar na solução de problemas que outros usuários também já tiveram.

Você também pode consultar ferramentas de suporte como a documentação oficial e o fórum oficial da Codex Brasil.

Gostou do conteúdo? Deixe o seu comentário e nos conte como tem sido sua experiência com o WordPress e se esse conteúdo foi importante pra você!

 

 


Quer aprender, na prática, como criar o seu site/blog usando o WordPress? Aprenda o passo-a-passo para desenvolver o seu site/blog com o treinamento WordPress para Iniciantes.

Conheça agora o treinamento online WordPress para Iniciantes.


Compartilhe:

Emilly Andrade

Gestora de Conteúdo. Apaixonada por blogs, redes sociais e novidades do mercado digital. Adoro ler e não dispenso uma boa culinária com uma boa companhia.

  • Carlos

    Parabéns pelo artigo, foi muito util!

    • Emilly Andrade

      Muito obrigada Carlos, volte sempre 🙂

  • Olá. Sou Desenvolvedor Web a quase 20 anos. Sigo seus conteúdos e marketing e logo estarei realizando um de seus cursos.
    Referente a este seu texto sobre o WP, é um bom texto, mas as 9 rezões que você citou são as mesmas para qualquer CMS. Eu utilizo em 80% dos meus trabalhos o Joomla! e tenho dezenas de trabalhos em WP também e posso te assegurar que nem sempre o WP é a melhor solução, principalmente quando falamos em sites empresariais, institucionais e governamentais.
    Um dos maiores problemas para qualquer CMS é a segurança e quanto mais plugins, componentes ou módulos são instalados, maiores são os riscos, como você mesmo disse “Tome cuidado com os plugin”. Assim, vejo uma grande desvantagem no WP, já que para fazer algo além de publicar textos, você precisa instalar plugins, então, o básico é básico demais. Desde gerenciar de forma real áreas de usuários até alterar uma simples ordenação das postagens é necessário a instalação de plugins ou conhecimento de PHP para edição nas páginas.
    Vejo a propagação do WP como uma solução mágica para tudo, o que não é verdade. Muitas vezes nenhum CMS ou E-commerce existe é a solução adequada. Se fossem, a Americanas.com utilizaria o Magento e o site da UOL seria em WordPress.

    Se tiver um tempinho, escrevi sobre o tema também em:
    https://www.u2net.com.br/blog/blog-nao-precisa-ser-em-wordpress

    Obrigado por compartilhar seus conhecimentos!
    Douglas Damame
    https://www.u2net.com.br/

  • Bom artigo, aprovado.

    • Emilly Andrade

      Muito obrigado Helton! Volte sempre!