7 Dicas Cruciais para Converter Mais com suas Páginas de Captura

Compartilhe:

As páginas de captura, ou landing pages, são uma parte muito importante de uma estratégia de Inbound Marketing. Essas páginas, que tem como intuito converter visitantes em leads, podem aumentar consideravelmente os resultados da sua empresa.

O objetivo das páginas de captura é obter os dados, principalmente o e-mail, dos seus potenciais clientes, ou leads. Dessa forma, você pode montar uma lista de e-mails qualificada e sempre que precisar informá-los de novidades e conteúdos relevantes do seu negócio.

Porém, não basta apenas jogar um formulário em uma página e gerar tráfego para ela, esta abordagem não costuma funcionar muito bem. Ter uma landing page bem otimizada para a conversão é, muitas vezes, o que define o sucesso ou fracasso de uma estratégia de Inbound Marketing.

E pensando em ajudar a aumentar a sua taxa de conversão, selecionamos algumas dicas essenciais para você montar uma boa página de captura para geração de leads. Confira agora:

 

1) Isca Digital: ofereça algo de valor! 


O primeiro, e com certeza mais importante, passo para converter mais com suas páginas de captura é a isca digital, ou o que você oferece ao usuário em troca do seu e-mail.

Uma página de geração de leads deve sempre oferecer um material rico, interessante e que tenha a capacidade de atrair a audiência para a qual você deseja vender seu produto.

Por isso, é fundamental, antes de qualquer coisa, conhecer a fundo as características do seu público-alvo. Dessa forma, você saberá quais são as necessidades a serem exploradas para criar uma isca digital relevante e útil para o seu público.

É importante ter em mente que essa oferta deve facilitar a vida do consumidor e não dar mais trabalho à ele. Portanto, escolha um material que seja fácil e rápido de consumir.

Opções de iscas digitais que convertem:

– E-book curto;
– Pesquisa e Estudos;
– Teste Grátis do seu produto ou serviço;
– Treinamento em vídeo;
– Templates;
– Quiz;
– Infográficos;
– Webinários.

IMPORTANTE: Ao consumir seu material gratuito, o usuário terá um prévia da qualidade do seu conteúdo em geral e, como você sabe, a primeira impressão é a que fica. Portanto, capriche na escolha e na produção da sua isca digital.

 

 

 

2) Atenção com o texto da sua Landing Page


Muitas pessoas acabam subestimando a importância da redação nas páginas de captura. Mas não se engane, os textos vendáveis são os responsáveis por tirar os usuários da inércia online, estimulando-os a tomar uma atitude.

Os elementos mais comuns da redação de uma página de captura são:

Título: fundamental para captar e prender a atenção do leitor. A dica é ser o mais claro e específico possível. É importante deixar claro para o usuário o que exatamente você está oferecendo e qual o benefício central dessa oferta. Procure destacar a frase do título (cor e fonte maior).

Subtítulo: pode ser usado para aprofundar o interesse do usuário na isca digital oferecida. Oportunidade de dar mais detalhes sobre a oferta.

Bullet points: pode ser usado para listar informações extras sobre o que está sendo ofertado, e também as características e benefício central do material.  


IMPORTANTE: a gramática da sua landing page deve estar perfeita! Qualquer erro de português pode passar uma imagem muito ruim para o visitante, comprometendo a credibilidade e confiança no seu conteúdo.

 

3) Crie um Call-to-Action que converta!

 

Seja para fazer o download de um ebook, para se inscrever em um webinário ou para encorajar o visitante a efetuar uma compra, os CTA’s tem o objetivo de levar o usuário para o próximo passo.

O botão de CTA deve ser imediatamente visível na abertura da página de captura e,  se sua página pode rolar para baixo, inclua outro CTA no final dela.

Quanto ao design do botão, procure escolher cores que contrastam com o restante da página, concedendo mais destaque ao CTA.

DICA: Para saber mais sobre como escolher o CTA certo para a sua página de captura, leia o post O Que é CTA e Como Utilizá-lo para Obter Mais Resultados.

Note no exemplo abaixo como a cor do botão “Sim! Quero me inscrever gratuitamente!” contrasta com as demais cores da página.

 

4) Use técnicas de persuasão: Prova Social e Autoridade

 

Demonstrar profissionalismo e credibilidade é fundamental para a conversão de uma landing page. Você pode alcançar esse objetivo utilizando abordagens estratégicas e técnicas de persuasão como a prova social, por exemplo.

De acordo com o neuromarketing, um dos segredos para conquistar um bom número de conversões é mostrar ao consumidor que o seu produto ou serviço está sendo utilizado por outras pessoas.

Isso porque, como somos seres sociais, costumamos acreditar e concordar com a maioria. Se existe muita gente falando bem de uma coisa, a tendência é acreditarmos e seguirmos o que está sendo dito. 

Dessa forma, a combinação de depoimentos e testemunhos é tiro certo, pois alia outra grande arma persuasiva: a autoridade. Se alguém vê outras pessoas falando bem de você, ela provavelmente não vai ter dúvidas que você realmente é um especialista na área. Nessa linha, vale a pena usar:

– Depoimentos de clientes;
– Logos de entidades certificadoras ou de empresas parceiras;
– Citações da empresa na mídia;
– Garantias diversas sobre a oferta (por exemplo “entrega em 7 dias ou seu dinheiro de volta”).

A imagem abaixo mostra a landing page do nosso E-book Mapa do Marketing Digital, e nela utilizamos a informação “3.807 downloads” como prova social. Veja: 

 

 

5) Capriche no design!

 

Uma forma de captar a atenção do usuário é caprichando no visual da página. Utilize recursos visuais como uma imagem de fundo bacana, fontes atrativas, setas e uma cartela de cores harmônica

Quando o usuário acessa a sua página, ele procura encontrar um visual profissional, ou seja, ele procura algo que transpareça ser de qualidade. Por isso, não economize tempo e esforços quando estiver montando “a cara” da sua landing page.

Se sua página tem um design caprichado, feito por um profissional você aumenta sua credibilidade imediatamente. Da mesma forma, um design mal feito pode gerar desconfiança e dúvida na hora do usuário decidir se vai ou não digitar suas informações pessoais no seu formulário.

Logo abaixo, a imagem da landing page para a aula gratuitaComo Montar um Máquina de Clientes 100% Automatizada” para você se inspirar. E ahh, participe da aula gratuita você também 😉

 

 

DICA1: Deixe espaços em branco! O espaço em branco permite que os elementos de sua página respirem. Ele facilita a leitura de sua Landing Page e pode ter um efeito calmante para os visitantes.

DICA2: Nós aqui da Escola do Marketing Digital utilizamos a ferramenta Click Funnels para criar nossas landing pages!

 

6) Limite a navegação

 

O objetivo de uma página de captura é fazer com que o visitante realize a ação esperada, certo? Por isso, evite ao máximo colocar qualquer link externo na página, mesmo que seja para o seu próprio site.

Uma landing page eficiente deve oferecer ao usuário somente duas opções: clicar e se inscrever ou sair. Torne o formulário e o botão de enviar como a única possibilidade de ação na página. Dessa forma, você não dá chances para que o usuário se distraia ou volte atrás.

 

 

7) O que não é visto, não é lembrado!

 

Essa dica é muito importante para o aumento das suas conversões: NÃO espere que o tráfego caia do céu! Aquilo que não é visto não é lembrado, então é muito importante que você divulgue a sua página onde o seu público está.

Você pode inserir sua página no menu do blog em formato de link, no meio dos artigos, nas redes sociais, na sidebar através de uma imagem que ao ser clicada leva a pessoa para a página.

Envie também um email para sua lista avisando sobre cada novo conteúdo que postar, seja ele ou não para capturar contatos. Isso vai te ajudar a trazer essas pessoas novamente para o seu site, e também no aumento da sua autoridade (pessoas compram de quem é autoridade).

 

 

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e nos diga qual o principal fator, em sua opinião, que uma Landing Page precisa para ter uma boa taxa de conversão! 😉

 


PRODIGITAL – O mais completo Programa de Formação em Marketing Digital. Nele, você vai aprender, do básico ao avançado, as técnicas, métodos, estratégias e ferramentas para otimizar seus resultados através da internet. Clique aqui para saber mais informações sobre a próxima turma.


Compartilhe:

Emilly Andrade

Gestora de Conteúdo. Apaixonada por blogs, redes sociais e novidades do mercado digital. Adoro ler e não dispenso uma boa culinária com uma boa companhia.

  • Alessandro da Silva Ferreira

    ótimas Dicas. Realmente valiosas.